Safran no Brasil

Presente no Brasil há mais de quatro décadas, o grupo Safran é hoje um parceiro industrial e tecnológico essencial para as indústrias e para o governo brasileiro. Durante toda a sua vida operacional, o grupo deu apoio à frota do MIRAGE 2000 da FAB (força aérea brasileira) na base estratégica de Anápolis (GO). Hoje, Safran conta com cerca de 200 colaboradores no país. Divididos em quatro unidades, eles contribuem com o desenvolvimento da experiência do grupo nos mercados da aeronáutica e da defesa.

H225M Marinha do Brasil © EC.
De cada
dois
helicópteros um possui um motor Safran
Cerca de
200
colaboradores
Balanceamento © Ricardo Funari / CAPA Pictures / Safran
Embraer KC-390: primeiro voo bem-sucedido! © Ricardo Beccari / Embraer
Presente há
40
anos

Aeronáutica

Desde os anos 1970, o Safran fornece os motores que equipam os helicópteros Ecureuil, Panther e Super Puma das Forças Armadas Brasileiras. O Grupo também é parceiro de operadores de helicópteros de primeira linha no âmbito civil. Da mesma forma, mais de 60% da frota de táxis aéreos da Helisul, a empresa de táxis aéreos de referência no mercado brasileiro de aviação, está equipada com turbinas Safran. O Grupo aumentou a sua presença em território nacional em 2002, com a criação de um centro de MRO (Manutenção, Reparos e Inspeção) em Xerém (RJ), que oferece apoio técnico aos donos de helicópteros do Brasil e de outros países da América Latina. As instalações foram ampliadas em 2012 para acolher novas infraestruturas que permitam abrigar sobretudo uma cadeia de montagem e testes do motor Makila 2, que equipa o helicóptero EC-725. Em 2011, o Safran assinou com o ministério brasileiro da defesa um contrato de manutenção operacional, para prestar suporte aos Makila 2A operados pelas três forças armadas brasileiras e pelo grupo de transporte presidencial.
Hoje, de cada dois helicópteros que operam no Brasil um está equipado com uma turbina Safran.

O Grupo é parceiro da Embraer na área de aviação comercial e militar e fornece sobretudo inversores de impulso, gravadores de dados de voo, sistemas de ventilação e cabeamento para o fabricante brasileiro. Para o seu maior avião já construído, o KC-390, a Embraer confiou também para Safran o fornecimento de seis “pacotes” de sistemas e equipamentos. Os dois parceiros comemoraram em fevereiro de 2015 o sucesso do primeiro voo deste avião de transporte militar saindo da unidade de Gavião Peixoto, próxima à São Paulo.

Os motores CFM56®, concebidos e desenvolvidos pelo grupo Safran em parceria com a GE no âmbito da CFM International, são utilizados nos modelos Airbus A320 das companhias aéreas LATAM e Avianca Brasil, e no Boeing 737 da GOL. O motor LEAP®, sucessor do CFM56, será utilizado em sessenta aviões Boeing 737 MAX encomendados pela GOL.
Safran fornece também serviços de engenharia para a Embraer e para a Hélibras (filial da Airbus Helicopters).

Defesa

Através de sua filial Optovac, Safran oferece soluções locais para as forças armadas e para a polícia brasileira, desenvolvendo sistemas optrônicos e aviônicos com tecnologia de ponta. O Grupo fornece principalmente os comandos de voo e os sistemas de navegação para os helicópteros Caracal e Fennec do exército e mastros optrônicos dos quatro submarinos de tipo Scorpène da Marinha. Safran produz também comandos de voo para todos os helicópteros da Airbus Helicopters em serviço do Brasil. Em abril de 2015, o Grupo assinou com a Helibras um acordo ITP (Intention to proceed) que estabelece a produção de 30 sistemas de pilotos automáticos destinados ao programa brasileiro de helicópteros EC-725.

< >
  • Preparação das peças para a passagem na bancada de ar da turbina Arriel 2Preparação das peças para a passagem na bancada de ar da turbina Arriel 2 © Ricardo Funari / CAPA Pictures / Safran
  • Vista geral das instalações da Safran Helicopter Engines do Brasil.Vista geral das instalações da Safran Helicopter Engines do Brasil © Ricardo Funari / CAPA Pictures / Safran
  • Montagem dos acessórios na turbina Makila 2Montagem dos acessórios na turbina Makila 2 © Ricardo Funari / CAPA Pictures / Safran
  • Soldagem TIGSoldagem TIG © Ricardo Funari / CAPA Pictures / Safran

Um compromisso com a educação e a inovação

O Safran apoia ativamente as iniciativas do governo brasileiro para a educação e inovação, como o programa “Ciência sem fronteiras” lançado em 2012. Este programa busca promover a excelência e a mobilidade internacional de jovens engenheiros e pesquisadores brasileiros, de acordo com convênios para estudantes de ciência e tecnologia na universidade UnB de Brasília. Com o Airbus Defence and Space e a Agência espacial brasileira (AEB), o grupo trabalha também na elaboração de um programa para os estudantes do setor espacial. Várias empresas do grupo também estabeleceram acordos de cooperação e pesquisa com universidades brasileiras (UnB, USP, Unitau, UNIVAP, UFPE, CESAR, etc.).